ban
Pesquisa no Guia Pet




guias_web
Guia da Embalagem
Guia Construir e ReformarGuia da CulinariaGuia do Turismo e Lazer





submarino


voltar

Cuidando de cães idosos
Cães idosos têm necessidades alimentares especiais e precisam estar dentro do peso. Este segmento lhe dá todos os detalhes de como alimentar um cão idoso e de como ter certeza de que ele mantenha ótima saúde.

Cães idosos, como pessoas idosas, têm necessidades especiais, então pode ser necessário prestar um pouco mais de atenção neles do que em animais mais jovens. No entanto, você será recompensado por estes cuidados extras já que ajudará seu cão a continuar em boas condições de saúde por mais anos, e terá uma companhia feliz.

Leia esta seção e aprenda como, com a ajuda de seu veterinário, você pode cuidar de um cão idoso.

Com que idade ele é idoso?
Isso depende da raça e de cada cachorro. Raças maiores tendem a envelhecer mais rápido do que raças menores. Geralmente, "idoso" significa com mais de oito anos, para um cão de porte médio e mais de cinco anos para um cão maior.

Por que cães idosos têm necessidades diferentes?
À medida que cães envelhecem, seus órgãos ficam menos eficientes e eles ficam menos resistentes a infecções e outras doenças. Como proprietário responsável, você deve querer que seu cão fique saudável e ativo pelo maior tempo possível. Então deve estar a par de qualquer condição em que possa precisar de atenção veterinária.

As necessidades dietéticas de cães idosos:
Cães idosos tendem a variar de cão para cão. Alguns cães mais idosos podem precisar de uma dieta especial. Há várias razões para isso. Um cão mais idoso provavelmente será menos ativo do que um cão mais jovem, então precisará de menos energia em sua dieta. Pesquisas mostram que a composição corpórea (a quantia de músculo e gordura) tende a mudar em cães idosos, então eles precisam de 20% menos calorias. Quanto mais velho fica um cão, menos eficiente fica em processar alimentos. Isso quer dizer que pode ser necessário ajustar sua dieta ou dar-lhe uma dieta especial recomendada por seu veterinário.

Cuidando da saúde de cães idosos
É uma boa idéia analisar a saúde de seu cão regularmente para garantir que sua aparência e comportamento estejam normais. Se seu cão está recusando comida, está com problemas para urinar ou defecar, não quer sair ou está claramente com dor, você deve falar com o veterinário. Além do mais, há alguns problemas de saúde específicos com os quais você deve tomar cuidado com um cão idoso.

Com o envelhecimento, artrite pode desenvolver-se em suas juntas. Isso pode causar que tenha dificuldades de movimentação. Você deve levar seu cão para fazer exercícios controlados, mesmo com artrite, mas não em excesso, pois isso pode agravar o problema. Solicite ao seu veterinário um programa de exercícios apropriado. Além do mais, seu cão pode necessitar de uma dieta com menos calorias, para evitar ganho de peso.

Audição, visão e olfato podem piorar com a idade e pode ser que sejam necessárias algumas modificações pertinentes. Por exemplo, se achar que o cão não está obedecendo, pode ser que seja por não ouvir o comando. Seu cão pode também estar sofrendo de problemas visuais, como infecções, cataratas, visão noturna reduzida ou cegueira. Fique de olho em secreções nos olhos ou sinais de visão enfraquecida, como esbarrar em mobí¬lia. Vale notar que muitos cães com estes problemas ajustam-se bastante bem ao seu ambiente.

Doenças nas gengivas podem não só levar seu cão a perder os dentes, como também causar sérios problemas caso bactérias entrarem na corrente sangüínea pelas gengivas inflamadas. Examine os dentes do seu cão regularmente e pergunte ao veterinário se parecem saudáveis. Também escove os dentes de seu cão com escova e pasta de dentes canina.

Incontinência urinária (falta de controle da urina) pode ser um problema em animais idosos e até mesmo um cão que é treinado para não sujar a casa há anos pode, repentinamente, começar a urinar em um local não apropriado. Entre outras razões, isso pode ser causado por problemas com a parte do sistema nervoso que controla a bexiga, mas também pode ser devido a problemas no trato urinário, próstata ou outros sistemas corpóreos. Se o cão ficar incontinente de repente, ou começar a urinar com mais freqüência, entre em contato com o veterinário. Finalmente, não esqueça que vacinação regular é tão importante em cães idosos quanto em cães mais novos.

Ajudando seu cão a manter o peso correto
Estar acima ou abaixo do peso pode ser um problema para cães idosos. Uma forma rápida de checar o peso de seu cão é sentir suas costelas com a mão aberta. Se for difícil sentir as costelas, então seu cão está acima do peso, ele precisa perder peso. Por outro lado, se as costelas estiverem salientes, ou se for possível vê-las em um cão de pelo baixo, então ele precisa engordar.

Como em seres humanos, obesidade pode ser um problema em cães idosos. Excesso de peso pode ser devido a uma vida menos ativa, queimando menos calorias. Peso corpóreo extra pode causar ou piorar outros problemas de saúde em seu cão. Se estiver acima do peso, você pode ajudá-lo a perder peso alimentando-o com uma dieta de calorias controladas ou levando-o para passear - embora não seja sempre uma boa idéia para cães idosos.

Se o seu animal de estimação estiver abaixo do peso, peça para o veterinário checar se não há problemas de saúde causando perda de peso. Às vezes o olfato e paladar de um cão diminuem ou seu trato digestivo fica menos eficiente. Neste caso você terá de alimentá-lo com comidas extremamente saborosas e altamente digeríveis.

Mudanças nos rins
O funcionamento dos rins de cães idosos pode cair. Mantenha em mente que os rins processam e eliminam produtos do corpo, principalmente produtos relacionados com o metabolismo de proteí¬nas, transformando-os em urina. Seu veterinário pode dizer se é necessário colocar seu cão em uma dieta planejada para problemas renais. Estas dietas devem conter ní¬veis de fósforo reduzidos, para diminuir o progresso da doença e ní¬veis reduzidos de proteí¬na, para reduzir o acúmulo de detritos perigosos no sangue.

Redução de apetite
Cães idosos muitas vezes têm apetites pobres, então é possí¬vel que tenha de instigá-los a comer. Aqui vão algumas dicas de como incentivar seu cão a comer:
* Dê pequenas refeições ao seu cão, freqüentemente. Passe a dar de duas a quatro refeições menores por dia.
* Aqueça um pouco a comida de seu cão, mas somente até a temperatura corpórea.
* Deixe a comida perto dele por 10 a 15 minutos, depois leve embora. Seu cão provavelmente terá mais interesse em comer comida fresca.
* Garanta ao seu cão um local quieto, sem perturbações para comer.


Fonte: Pedigree














 
 
Guia Pet & Cia 2008-2017 ©, uma empresa do Grupo Guias Web - Todos os direitos reservados
Normas de uso - Política de privacidade

CSS válido! Valid XHTML 1.0 Transitional