ban
Pesquisa no Guia Pet




guias_web
Guia da Embalagem
Guia Construir e ReformarGuia da CulinariaGuia do Turismo e Lazer





submarino


voltar

O Banho do Cão, quando e como?
Para manter o seu animal saudável e feliz, os cuidados com a pele e o pêlo são importantes. Problemas de pele são vistos com muita freqüência na clinica veterinária
A pele do cão produz uma cera oleosa (sebo) que atrai poeira e fuligem.

A combinação da sujeira e a oleosidade da pele e pêlo facilitam o crescimento de bactérias, tornando-se a causa freqüente de odor desagradável nos cães que não são banhados regularmente.

A freqüência do banho do cão irá depender da raça e do estilo de vida. Animais que ficam dentro de casa, sedentários, com pêlo curto irão necessitar de menor número de banho do que aqueles que ficam fora de casa, são ativos e têm pêlos longos.

O pêlo longo poderá agir como um esfregão e atrair sujeira excessiva. Para alguns cães, poucos banhos por ano podem ser suficientes, enquanto para outros são necessários banhos semanais. Você pode determinar esta freqüência junto com seu médico veterinário.

Existem diferenças significativas entre a pele humana e a do cachorro. O animal deve ser banhado com produtos formulados especificamente para eles. O uso de um xampu inadequado pode ser danoso para a saúde do animal. Muitos xampus contém substâncias químicas muito agressivas para a pele do animal, destruindo as células cutâneas e removendo componentes que mantém a pele macia e elástica.

Existem três classes de xampu, geralmente empregados na medicina veterinária. Os xampus de limpeza e condicionadores para animais com pele e pêlo sadios, que precisam apenas de uma limpeza refrescante. Os xampus terapêuticos, reservados para animais com desordens no pêlo e pele, como alergia cutânea, seborréia (caspa) e condições mais severas de infecções úmidas gordurosas entre outras. Os xampus parasiticidas utilizados no controle dos parasitas externos dos cães, como pulga, piolhos ou ácaros.

Ao banhar o seu cão, siga alguns conselhos:

1. Antes de banhar um cão de pêlo longo, escove-o cuidadosamente removendo pêlos embaraçados ou nós.

2. Molhe bem o pêlo, exceto a cabeça, com água morna e, usando o xampu recomendado por seu veterinário, faça uma boa espuma, massageando suavemente a pele para remover as células cutâneas mortas e a sujeira.

3. Molhe cuidadosamente a cabeça de seu cão, massageando com xampu, tenha cuidado para não espirrar espuma nos olhos ou deixar água nos ouvidos (de preferência utilize algodão parafinado).

4. Cuidadosamente enxágüe a cabeça e o corpo não deixando nenhum resíduo de xampu para evitar alguma irritação de pele. Se desejar, utilize um condicionador e enxágüe.

5. Seque se cão com uma toalha grande ou, se preferir, utilize um secador de cabelos, numa temperatura baixa para não queimar a pele. Animais com pêlo longo devem ser escovados até que o pêlo seque.



Fonte: CiaBichos Clínica Veterinária














 
 
Guia Pet & Cia 2008-2017 ©, uma empresa do Grupo Guias Web - Todos os direitos reservados
Normas de uso - Política de privacidade

CSS válido! Valid XHTML 1.0 Transitional