ban
Pesquisa no Guia Pet




guias_web
Guia da Embalagem
Guia Construir e ReformarGuia da CulinariaGuia do Turismo e Lazer





submarino


voltar
<<< Anterior Próxima >>>


ESCOLHA O TAMANHO DA FONTE - A - A

04/06/2012
Brasil é o segundo maior mercado pet mundial em faturamento e volume de ração produzida

Segmento pet food é o que mais cresce no país


O segmento pet cresce a cada dia e o cenário brasileiro é promissor. O setor alcança a cifra de R$11 bilhões no país, de acordo com dados da ABINPET (Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação). Desta fatia, o ramo Pet Food representa 66% de todo o valor de mercado, só em 2011 foram produzidas 1,93 milhões de toneladas.

No mundo, o mercado de alimentos pet movimentou em 2011 US$86 bilhões. A liderança é dos Estados Unidos com 32% do mercado. O Brasil ocupa o segundo lugar com 8%. Esta diferença é resultado dos costumes de cada país. Nos EUA o setor é comandado por rações Premium e Super Premium, já no Brasil a busca é por produtos econômicos.

Para Robson Fonseca, gerente de Comércio Exterior da Guabi, o segmento pet food no mundo está caminhando para as linhas naturais, como ocorre com os seres humanos. Cada vez mais os animais de estimação são tratados como membros da família e os cuidados com a alimentação e saúde dos pets têm merecido uma atenção especial por parte de seus donos.

A Guabi foi uma das primeiras empresas brasileiras a exportar ração para animais de estimação. “O país não possui uma tradição no mercado internacional, mas a cada ano o produto brasileiro tem maior aceitação pelos estrangeiros, que buscam informações sobre o portfólio das companhias nacionais”, destaca Fonseca.

O Brasil acaba de conquistar uma importante vitória junto à Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), que alterou o status do Brasil de “risco controlado” para “risco insignificante” em relação à doença da vaca louca. O status anterior restringia à exportação de ração de origem ruminantes para os países da União Européia.

Durante a Interzoo, realizada entre os dias 17 a 20 de maio, em Nuremberg (Alemanha), o pavilhão brasileiro teve contato com os principais distribuidores do mundo. “O evento sempre trouxe um retorno significativo para os negócios da Guabi. A metade dos parceiros internacionais da empresa foi contatada pela primeira vez na Interzoo e Zoomark em anos anteriores”, revela Fonseca.

O Grupo Guabi, que exporta seus produtos para mais de 35 países, teve o grande destaque do evento com a apresentação da linha Guabi Natural Pets Diabéticos e Obesos. Estes produtos foram desenvolvidos em parceria com a Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp) de Jaboticabal, onde a Empresa mantém parceria desde 1999 para analisar a influência da nutrição como método coadjuvante no tratamento de doenças. Através destes estudos foi possível chegar a linhas que auxiliam no tratamento de diabetes e de obesidade em cães e gatos.

Com 37 anos no mercado, o Grupo Guabi é hoje um dos maiores produtores de rações e suplementos do país e conta com oito unidades fabris localizadas em Campinas (SP), Bastos (SP), Sales Oliveira (SP), Pará de Minas (MG), Anápolis (GO), Além Paraíba (MG), Goiana (PE) e São Gonçalo do Amarante (CE).





Saiba mais sobre a Guabi
Fonte: LN Comunicação



COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA







 
 
Guia Pet & Cia 2008-2017 ©, uma empresa do Grupo Guias Web - Todos os direitos reservados
Normas de uso - Política de privacidade

CSS vlido! Valid XHTML 1.0 Transitional