ban
Pesquisa no Guia Pet




guias_web
Guia da Embalagem
Guia Construir e ReformarGuia da CulinariaGuia do Turismo e Lazer





submarino


voltar
<<< Anterior Próxima >>>


ESCOLHA O TAMANHO DA FONTE - A - A

17/04/2018
Não descuide dos olhos do seu pet no outono

Mudanças rápidas nas condições climáticas, temperaturas mais amenas e menor quantidade de chuvas são característica da nova estação, que teve início no dia 20 de março


Com a baixa umidade do ar e o tempo seco, é comum o aumento do número de casos de doenças oculares ligadas ao clima, como a síndrome do olho seco e as alergias oculares. E esses problemas também atingem os pets.

Nesta época do ano, o aumento da evaporação do filme lacrimal (responsável pela hidratação, proteção e nutrição do globo ocular) deixa os olhos menos lubrificados e mais expostos à poluição, com um ambiente propício ao desenvolvimento de processos alérgicos e infecções oculares. Para evitar a evaporação do filme lacrimal, alguns cuidados com o pet podem ser tomados, como oferecer sempre água limpa e fresca, evitar o uso excessivo de ar-condicionado e ventiladores, manter os ambientes arejados e limpos, e utilizar colírios que mimetizem a lágrima e garantam a proteção e a hidratação do globo ocular.

Pensando nisso, a UCBVET lançou o ALLEQUA, um colírio lacrimomimético com viscosidade ideal para promover uma melhor cobertura do globo ocular, garantindo a hidratação e evitando a evaporação do filme lacrimal. Além disso, o ALLEQUA alivia a irritação, o ardor e a secura ocular e pode ser usado para a limpeza dos olhos e antes do uso de colírios terapêuticos.

''Outra situação que os tutores dos pets desconhecem é que existem mais fatores que diminuem a produção da lágrima dos animais, como a administração de medicamentos simples que utilizamos com certa frequência: dipirona, anti-histamínicos, diuréticos e atropina, por exemplo. É muito importante associar a esses tratamentos o uso de colírios lacrimomiméticos para proteger os olhos das principais doenças oculares'', explica Karina Kowalesky Gabarra, gerente de marketing de Animais de Companhia da UCBVET. Além das questões climáticas e do uso de alguns medicamentos, ela alerta para determinadas situações que podem levar ao olho seco, como algumas patologias de pele, doenças autoimunes e as condições especiais de animais portadores de alergias (atópicos) e com idades avançadas. ''É importante salientar que, caso o seu pet apresente qualquer uma dessas características ou sintoma, o médico-veterinário deve ser consultado'', esclarece.

UCBVET - http://www.ucbvet.com



Fonte: Grupo Publique



COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA







 
 
Guia Pet & Cia 2008-2018 ©, uma empresa do Grupo Guias Web - Todos os direitos reservados
Normas de uso - Política de privacidade

CSS vlido! Valid XHTML 1.0 Transitional