ban
Pesquisa no Guia Pet




guias_web
Guia da Embalagem
Guia Construir e ReformarGuia da CulinariaGuia do Turismo e Lazer





submarino


voltar
<<< Anterior Próxima >>>


ESCOLHA O TAMANHO DA FONTE - A - A

12/05/2010
Apoio nutricional é fundamental no tratamento de câncer e doenças renais em cães e gatos


Apoio nutricional é fundamental no tratamento de câncer e doenças renais em cães e gatos, aconselha a Royal Canin do Brasil

Diagnóstico tem sido muito mais rápido nos últimos anos e dietas como Recovery, Intestinal Canine/Feline, Renal Canine/Feline melhoram a qualidade de vida do animal.

Nos últimos anos, os veterinários têm observado uma maior incidência de câncer e doenças renais em cães e gatos, especialmente em cães das raças Boxer, Schnauzer, Shih tzu e Rottweiler, bem como em gatos Persas.

A Royal Canin do Brasil, uma das maiores fabricantes mundiais de alimentos de alta qualidade para cães e gatos, subsidiária da francesa Royal Canin, tem uma linha de produtos veterinários criada especialmente para auxiliar no tratamento dessas doenças, que oferece todos os nutrientes necessários para que o animal portador de uma enfermidade tenha condições físicas para reagir ao tratamento.

Segundo a gerente de Produtos das Linhas Veterinárias da Royal Canin, Cíntia Fuscaldi, a percepção dos veterinários não indica necessariamente que o índice dessas enfermidades aumentou, mas que estas têm sido diagnosticadas com maior eficácia e rapidez. "Hoje é possível fazer o diagnóstico de câncer e doenças renais com muito mais precisão e agilidade, o que não ocorria há dez anos. Muitas vezes, o proprietário tomava conhecimento da doença quando o animal ia a óbito", explica.

Cíntia observa que os proprietários mudaram o tratamento com seus cães e gatos, passando a considerá-los como membros da família, ou seja, aumentou a afetividade, intensificaram-se os cuidados e a visita ao veterinário tornou-se mais freqüente. "Com isso, é possível diagnosticar as doenças e melhorar a qualidade de vida dos animais, elevando, inclusive, a expectativa de vida com o apoio de medicamentos e de uma dieta alimentar mais adequada", elucida.

A veterinária da Royal Canin informa que um animal que vai ao veterinário com freqüência, é vermifugado e vacinado, tem menos propensão a contrair doenças e, mesmo que isso ocorra, a probabilidade de descobri-las ainda no início é muito grande, o que facilita o tratamento e aumenta a expectativa de vida.

Pesquisas da Royal Canin têm demonstrado que os animais na fase mature (maturidade) têm tendência a apresentar doenças relacionadas ao tempo de vida, por exemplo, as renais, especialmente cães da raça Schnauzer, Shih tzu, Rottweiler e gatos Persas. Estatísticas também mostram maior incidência do câncer de mamas em cadelas da raça Boxer.

De acordo com Cíntia, para que os proprietários não sejam pegos de surpresa, é importante fazer um check up no animal pelo menos uma vez por ano, porque o quanto antes as doenças forem detectadas, menos invasivo será o tratamento, além de ser possível melhorar a qualidade de vida. "Nutrir o animal é um aspecto muito importante para conseguir melhorar sua condição física, a fim de que suporte melhor o tratamento", pondera.

Alimento sob medida

A Royal Canin do Brasil é pioneira no desenvolvimento da linha de produtos veterinários desde 1999 e, especificamente para o tratamento de câncer e doenças renais, desenvolveu quatro produtos - o Recovery, o Intestinal GL 32 e o Renal Canine RF16 e Renal Feline RF 23.

Conforme a veterinária da Royal Canin do Brasil, a Recovery é uma dieta úmida indicada para cães e gatos que estão sem se alimentar a mais de dois dias, cuja textura possibilita a alimentação via sonda, mas também pode ser oferecida no próprio recipiente de alimentação do animal, enquanto a Intestinal Gl 32 é indicada a animais em estado crítico e pode ser administrada em pequenas quantidades, a fim de não sobrecarregar o intestino de cães e gatos em convalescença.

Já as dietas Renal Canine RF 16 e Renal Feline RF 23 fornecem menor quantidade de proteínas com alta digestibilidade e menos fósforo - o grande vilão que acelera o processo degenerativo -, além de conter Zeolita (argila que protege a mucosa intestinal), ingredientes que não apenas facilitam a alimentação, mas contribuem para evitar a progressão da doença e para a melhora da condição física do animal para reagir ao tratamento, beneficiando ainda a pelagem.

Cíntia alerta que os proprietários devem estar atentos à perda de apetite, emagrecimento excessivo, vômito, ingestão de água e urina em excesso, sintomas muito comuns nos cães e gatos com doença renal. "É muito importante levar o animal ao veterinário quando um desses sintomas surgirem, porque quando os proprietários descobrem a doença, geralmente o comprometimento do órgão está em mais de 75%", conclui.

Sobre a Royal Canin

A Royal Canin do Brasil é subsidiária da multinacional francesa Royal Canin, uma das maiores fabricantes mundiais de alimentos de alta qualidade para cães e gatos, com 11 indústrias no mundo e presente em 92 países. Em 2009, o faturamento líquido global da companhia foi de 1,5 bilhão de euros.

A unidade brasileira está instalada em Descalvado, interior de São Paulo, desde 1990 e conta com o apoio logístico de 40 distribuidores exclusivos. Seus produtos estão disponíveis em canais especializados, entre os quais, clínicas veterinárias e pet shops, em mais de 25 mil postos de vendas no Brasil.






Saiba mais sobre a Royal Canin do Brasil Ind Com Ltda
Fonte: TV1



COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA







 
 
Guia Pet & Cia 2008-2014 ©, uma empresa do Grupo Guias Web - Todos os direitos reservados
Normas de uso - Política de privacidade

CSS vlido! Valid XHTML 1.0 Transitional